Eu sou o Número Quatro - Pittacus Lore:
Série: Os Legados de Lorien #1
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 352
Classificação: 3/5

Resenha:
Eu gostei muito de Eu Sou o Número Quatro. O livro enrola um pouco no início, mas depois que a história começa mesmo, ela vicia. Ele foi bem escrito e as coisas são bem explicadas. O autor introduz bem a história, contando o motivo deles estarem na Terra se escondendo e tudo mais.

O planeta Lorien foi atacado pelos mogadorianos. O planeta foi destruído, mas nove crianças, junto com seus Cêpans (guardiões), conseguiram escapar. Vieram em uma nave para a Terra, onde se escondem daqueles que dizimaram seu povo. Porém, os mogadorianos os seguiram até aqui.

Para dificultar para os mogadorianos, foi lançado um encantamento nas crianças, que fazia com que elas só pudessem ser mortas na ordem de seus números. Ao chegar aqui, dez anos atrás, elas se espalharam pelo mundo para se esconder, e nunca mais se viram. O único modo de saber que elas estão vivas é pela tatuagem que aparece na pele de cada criança cada vez que uma delas é morta.

John, ao sentir seu pé queimando com a terceira tatuagem, sabe o que significa: o numero três foi morto, ele é o próximo. Corre para avisar Henri, que, além de seu Cêpan, é como um pai para ele, e eles saem da cidade onde estavam, indo para outra cidade para se esconder.

John está cansado disso, mas sabe que é necessário, principalmente agora. Agora, ele é o próximo. Ele não pode ser encontrado antes de seus legados (seus poderes) se desenvolverem, pois ele não teria chance nenhuma contra os mogadorianos.

Chegando em Paradise, uma cidade pequena nos Estados Unidos, ele conhece uma garota, Sarah, e se apaixona por ela. Também conhece Sam, um garoto que tem fascinação por aliens, que se torna seu melhor amigo.

Nessa cidade muitas coisas acontecem. Logo no primeiro dia de aula, John arranja confusão com Mark, um garoto valentão da escola. Henri quer ir embora, pois acha que eles já atraíram muita atenção para si, mas John o convence a ficar.

Numa missão de resgate, Sam descobre a verdadeira identidade de John, mas continua seu amigo, e começa a ajudá-lo em tudo que pode. Sarah, agora sua namorada, também descobre, mas aceita imediatamente e continua com ele. Agora mesmo que John não quer sair de Paradise, onde ele finalmente encontrou pessoas que gostam dele, onde ele é feliz. Mas Henri continua insistindo, dizendo que não é seguro.

Acontecem muitas coisas, além do aparecimento da número seis - que os ajuda em um momento difícil -, e da perda de alguém muito querido. Bom, ficou meio vago, mas eu não posso contar muita coisa, senão eu acabo estragando a história. Eu só posso dizer uma coisa: eu gostei muito desse livro.

Série:
1. Eu Sou o Número Quatro
2. O Poder dos Seis (resenha)
3. A Ascensão dos Nove
4. A Queda dos Cinco
5. A Vingança dos Sete


6 Comentários

  1. Quero muuuuuuito ler o livro.
    Tá todo mundo falando que ele é um máximo!
    E já que estreiou o flme vou lá correndo assistir rsrs :)
    Que bom que colocou o trailer aqui.. ainda nem tinha visto lol
    Resenha muito boa! :)

    beijos,
    Ana
    Livros ao Meio Dia

    ResponderExcluir
  2. @Ana Luiza Rosa aai, lê sim, o livro é simplesmente lindo :) não vi o filme ainda, mas to querendo muito ir ver... rsrs
    brigada :)
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Ja li e ja assisti o filme no cinema, do livro pro filme eles mudam algumas coisas, entao é muito mais interessante ler antes de assistir (o que eu nao fiz), mas eu super recomendo a todos. Sua resenha esta ótima.

    Bjoss.

    ResponderExcluir
  4. Vi o filme quando lançou, e desde então fiquei morrendo de vontade de ler o livro. Até por que geralmente eles ocultam muitos detalhes, e se eu já gostei do filme imagine lendo tudo.
    ótima resenha, btw (:

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Tenho muita curiosidade para ler essa série, mas confesso que não me empolguei muito com o primeiro livro, acho que o próximo deve ser bem mais interessante. Contudo, me surpreendi quando você disse que chorou O.O ... fiquei muito curiosa para saber o que a fez ficar tão emocionada ^^

    Até mais!
    :*
    www.aoleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ah quando você contou do seu choro no dentista, eu me lembrei do meu ataque de risos por causa do livro "Lembra de mim?" Na fila de espera de uma consulta ahahah eu simplesmente não conseguia parar, ri que chorei... livros fazem isso não é?
    Vou arranjar um tempinho e tirar meu lv Eu sou o número quatro da estante e lê-lo por esses dias, a sua resenha está ótima! Beijos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.