A Escolha – Nicholas Sparks:
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 307
Classificação: 5/5

Resenha:
Esse foi o segundo livro do Nicholas Sparks que eu li, e, apesar de Um Homem de Sorte ainda ser meu preferido, eu simplesmente AMEI esse. Li até a metade amando ele, lindo e perfeito, super fofo e tal. Aí chegou na metade. Aí eu lembrei quem era o escritor. Aí eu comecei a chorar. Aí eu não parei mais, cheguei a ter que largar o livro pra me acalmar, porque simplesmente não dava para ler.

A primeira parte do livro é sobre como os personagens principais, Gabby e Travis, se conheceram e se apaixonaram. A segunda parte é no presente, quando uma importante decisão precisa ser feita. Confesso que eu demorei duzentos anos para entender que decisão era essa, porque o autor dá a entender que é uma coisa completamente diferente, e foi isso que me fez morrer de chorar, já que eu definitivamente não estava preparada para aquilo.

Travis morava em uma casa em uma pequena cidade, e Gabby se muda para a casa ao lado. Nunca se falaram, nunca se encontraram nem nada, até o dia em que Gabby resolve ir tirar satisfação por sua cadela estar grávida e ela ter certeza de que o cachorro dele ser o pai. E é aí que tudo começa.

A discussão não os faz virar amigos, muito pelo contrário, mas Travis consegue convencer Gabby de começar de novo. E, conforme eles vão se conhecendo, eles vão se apaixonando. Essa parte é linda (não que o resto do livro não seja, enfim), porque eles vão se apaixonando naturalmente, com a convivência, sem pressa.

Destaque para uma personagem super importante, a Stephanie, irmã do Travis. Gente, ela é ótima, me diverti MUITO com ela. Sabe aquela personagem cara de pau, que fala tudo o que vem na cabeça, que é direta e que, acima de tudo, está sempre lá? Sem dúvidas minha personagem preferida, me fez rir demais. É uma personagem que não dá para deixar de mencionar.

"Stephanie riu. - Está querendo me dizer o que eu devo ou não devo fazer? - Estou só dizendo que talvez ela não entenda o seu senso de humor. - Prometo me comportar então. [...] - E então, está pronta para nadar pelada? - perguntou Stephanie. Gabby piscou, sem saber se tinha realmente ouvido aquilo. - Como é?"

A segunda parte do livro traz justamente a reflexão do subtítulo: até onde devemos ir em nome do amor? Eu sinceramente não sei o que eu faria, não consigo nem imaginar. Teve horas que eu morri de raiva, mas assim, não dá para julgar, porque qualquer que seja a escolha feita, vai trazer uma consequência enorme. O final me surpreendeu bastante, e te deixa pensando se foi tomada a escolha certa ou não. Recomendo demais a leitura desse livro.


10 Comentários

  1. Aaai... Eu morro de vontade de ler algo do Sparks. Ontem mesmo, fiquei morrendo de vontade de comprar A Escolha por 208 granas... mas ae eu vi que Romeu Imortal também tava barato, então não comprei A Escolha e estou conseguindo $Grana para comprar Romeu Imortal - já que tenho o primeiro.
    Adorei adorei a sua resenha! Ri muito quando você falou que chorou só de lembrar do autor. kkkkkk'
    Gosto muito de personagens alegres... Ainda mais quando o tema do livro é tenso - em todos sentidos.
    Beijos
    Gabriel - Blog Corações de Neve

    ResponderExcluir
  2. Esse foi o primeiro livro que me levou as lágrimas. O Nicholas consegue nos cativar de uma forma tão intensa com suas histórias que nos emociona.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha, pelo que você disse o livro não parece ser tão dramático quanto os outros do mesmo autor.kkkkkk
    Sou super fã dele, tenho esse livro mas ainda nao li.
    O que mais me interessou foi o destaque que parece ser dado a importância de nossas atitudes e escolhas, e o risco inerente em cada uma delas. Eu adoro este lado filosófico, psicológico e reflexivo de um livro.
    bjim

    ResponderExcluir
  4. Faz muito tempo que li um livro do Nick, quero muito ler esse. Gosto dessas histórias que nos faz sofrer um pouco, chorar até soluçar. rs

    ResponderExcluir
  5. Foi esse livro que fez a namorada do meu irmão desistir dos livros do Nicholas Sparks :/ e olha que ela tinha meio que uma veneração por ele, eu só li dele "Um amor pra Recordar" e "O Casamento" ambos bonitos e que me fizeram chorar... então suponho que nesse "A Escolha" um dos dois deve morrer *.* é que ela não gosta quando personagens morrem rsrs e eu sempre dizia pra ela "Kézia, você gosta do autor que mais mata personagens no mundo - depois do autor de Guerra dos Tronos é claro kkkk - acho melhor vc mudar de autor preferido" ahaha resultado: Colocou todos os livros dele pra troca, eu ainda quero ler dele "A Última Música" :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ahnnn... ando meio de mal do Nicholas.... tudo tão igual, sabe? VOu dar um tempo.

    ResponderExcluir
  7. Sou fascinada pelos livros do TIO NICHOLAS *-*, suspiros pra esse livro, certeza que quando for lelo irei chorar (pra variar)

    ResponderExcluir
  8. Estou com esse livro aqui, mas ainda não o li, por ser do Sparks e eu estar receoso com essa segunda parte tão devastadora, sempre fico lendo um livro dele, pensando no que ele pode fazer!
    Pelo que disse da personagem Stephanie já percebi que ela também seria minha personagem favorita, amo essas personagens que me fazem rir.

    ResponderExcluir
  9. Assim, sei que todo mundo adoro o sparks, aí li querido jonh e não achei aquilo tudo, mas estou disposta a ler mais um livro do autor. Fico feliz que tenha gostado, só me estimula mais ^^

    ResponderExcluir
  10. Eu já li esse, é perfeito e super indico!


    amanda.valverde2@hotmail.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.